PT EN

Programa de Gestão Patrimonial de Infraestruturas

Área Temática
Água e cidades
Localização
Lisboa, Portugal
Áreas de Aplicação
Serviços de água
Âmbito
Empresarial
Estação de Tratamento de Águas Residuais
Canal de rega do Mondego
Barragem
Válvulas

Entidade

Descrição

O programa colaborativo de Gestão Patrimonial de Infra-estruturas (PGPI) visou apoiar as empresas participadas pela AGS no desenvolvimento e implementação de um Plano de Gestão Patrimonial de Infraestruturas, dando cumprimento ao Decreto-Lei n.º 194/2009 e promover uma gestão adequada dos activos. Pretendeu ainda rever e monitorizar os planos de GPI existentes, promover a valorização dos activos e a ampliação da gestão de activos aos recursos humanos e tecnológicos.

Objectivos

  • Promover o desenvolvimento e a implementação de Planos de Gestão Patrimonial de Infraestruturas
  • Elevar a maturidade da aplicação da metodologia nas organizações
  • Desenvolvimento de novos domínios: valorização das infraestruturas, abordagem às ISO 5500X e recursos humanos e tecnológicos
  • Implementação de uma prática de monitorização e revisão dos planos
  • Promover o envolvimento das equipas técnicas no programa
  • Promover a troca de experiências entre as várias entidades gestoras

Resultados

  • Implementação dos planos de Gestão Patrimonial de Infraestruturas
  • Aumento das áreas de análise
  • Procedimento para a monitorização dos planos de GPI
  • Integração com os planos existentes na entidade
  • Articulação com os investimentos
  • Abordagem às ISO 5500X
  • Inventariação e avaliação de ativos
  • Análise dos recursos humanos e tecnológicos

Próximos Desafios

Os principais desafios prendem-se com a melhoria da integração do plano de GPI com os restantes planos de cada entidade (e.g., plano de gestão de perdas de água, eficiência energética ou afluências indevidas) e a inclusão de outros ativos, associados de forma indireta à gestão das infraestruturas, como os recursos humanos e tecnológicos. Pretende-se ainda dar continuidade ao trabalho desenvolvido aprofundando a temática da avaliação de risco em infraestruturas lineares e em instalações.