PT EN

MARSOL – Gestão da Recarga de Aquíferos: Demonstração de Soluções (Europeias) para a Escassez de Água e Secas

Área Temática
Desenvolvimento Sustentável e Coop. Internacional
Inovação
Localização
Região do Algarve
Região do Alentejo
Áreas de Aplicação
Recursos Hídricos
Âmbito
R&D
Ensaio de tratamento solo-aquífero nas bacias de SBMessines, 2016-17, Demo Site PT2
Ensaio de recarga no Cerro do Bardo, abril de 2016, Demo Site PT2
Ensaio de clogging na Campina de Faro, julho de 2014, Demo Site PT1
Tratamento solo-aquífero como uma solução passiva para melhorar a qualidade da água da ETAR em SB Messines
Preparação de ensaios de geofísica e de traçador em bacias de infiltração no leito do rio Seco, PT
Ensaio de traçador com NaCl realizado em bacias de infiltração implantadas no leito do rio Seco, PT
Aspeto da construção das bacias de infiltração do leito do rio Seco, PT

Entidade

Descrição

O projeto MARSOL visa demonstrar que as técnicas de gestão de recarga de aquíferos (MAR) constituem soluções capazes de utilizar o "excesso" de água em períodos de excedente e armazená‑lo em aquíferos para futura utilização em períodos de escassez. MAR pode também ser utilizada para combater a intrusão salina em zonas costeiras e reutilizar águas residuais com um tratamento final da qualidade da água através da infiltração no solo.

Objectivos

  • MARSOL aborda as principais questões sobre a metodologia incluindo a análise do risco, a qualidade da água e a viabilidade técnica.

Resultados

O projeto analisou - em oito locais de demonstração na Grécia, Portugal, Espanha, Malta, Itália e Israel – como é que as diferentes origens de água e qualidades (como água de mar dessalinizada, água do rio e águas residuais tratadas) podem ser armazenadas nos aquíferos com diferentes técnicas.

Permitiu desenvolver diretrizes que permitam melhorar: escolha de locais para MAR; realização técnica; monitorização; estratégias e abordagens de modelação física e numérica.

http://www.marsol.eu

Próximos Desafios

Os principais desafios abrangem a sistematização da aplicação das soluções técnicas e a transferência de conhecimentos para a prática, incluindo os desafios do direito administrativo da UE na sua implementação.