PT EN

Avaliação de substâncias prioritárias, outros compostos alvo e compostos emergentes em águas superficiais

Área Temática
Desenvolvimento Sustentável e Coop. Internacional
Água, energia e alimentação
Inovação
Localização
Portugal
Áreas de Aplicação
Recursos Hídricos
Âmbito
R&D
Adm. Central
Apresentação

Entidade

Descrição

O estudo visa aumentar o conhecimento sobre os contaminantes químicos presentes nas águas superficiais, incluindo:

  • Avaliação de substâncias prioritárias, da lista de vigilância e poluentes específicos recorrendo a amostragem instantânea de água;
  • Avaliação quantitativa de substâncias prioritárias no biota;
  • Avaliação qualitativa (“screening”) de compostos alvo e compostos emergentes, como pesticidas e substâncias farmacêuticas em águas superficiais, recorrendo a amostradores passivos.

Resultados

As amostras instantâneas apresentaram, na maioria das situações, valores inferiores aos limites de quantificação dos métodos. Porém, foram quantificadas substâncias prioritárias, poluentes específicos e substâncias da lista de vigilância e detetadas algumas substâncias prioritárias no biota (peixes e mexilhões). Foram detetados compostos alvo e compostos emergentes, nomeadamente vários pesticidas de uso agrícola e não agrícola e medicamentos de ação farmacológica de uso humano e pecuário.

Próximos Desafios

A amostragem passiva é uma metodologia que permite pesquisar e identificar inequivocamente uma gama alargada de contaminantes, quando está associada a métodos analíticos de ponta. A amostragem passiva revela-se, assim, uma metodologia complementar importante para melhorar o conhecimento sobre a presença de contaminantes (através do “screening” das substâncias orgânicas presentes), permitindo racionalizar a definição de futuros programas de monitorização.

 

Cofinanciamento comunitário - POSEUR